capa uc new jul 2019 min

Boletim UC 10/11 – As principais notícias do dia

O Cointelegraph noticia que Justiça apontou várias discrepâncias e questões obscuras no caso do pedido de recuperação judicial do Grupo Bitcoin Banco. Justiça apontou também possível filial na Colômbia e pediu para o grupo se manifestar a respeito.

O Livecoins publica que um cliente da suposta pirâmide financeira Bit Binary está oferecendo uma recompensa de 15 mil dólares (aproximadamente R$ 61 mil) para quem tiver informações sobre a localidade de dois líderes da empresa.

Segundo o Criptofácil a exchange Poloniex sorterá uma IPhone 11 entre aqueles que acertarem qual a próxima criptomoeda a ser listada na plataforma. Até agora a maior quantidade de votos foram para as moedas Tron, Iota, Tezos e Elrond.

O Portal do Bitcoin destaca que advogado dos invasores do celular do ex-juiz Sérgio Moro e representando do Grupo Bitcoin Banco faltaram da audiência pública para debater regulamentação das criptomoedas no Brasil.

O BeInCrypto destaca que youtuber morto ontem com 3 tiros aparece em vídeo ao lado de Dante Silva, líder da área de Marketing da suposta pirâmide Financeira Unick Forex.

O portal Criptofácil noticia que a exchange Coinbase disponibiliza “prova de participação” para Tezos e moeda valoriza mais de 20%. A maior Exchange dos Estados Unidos está apostando alto nesse projeto e já permite a negociação do ativo desde Agosto desse ano.

Segundo o Livecoins a exchange genbit teve R$ 347.000,00 bloqueados por ordem judicial. A empresa é ligada à suposta pirâmide financeira conhecida como Zero10, proibida de atuar por ordem da CVM.

Conforme publicado pelo Cointelegraph o Diretor do FBI afirmou que as criptomoedas representam um problema significativo que só deve aumentar. O Diretor afirmou também que, se os EUA não acompanharem o avanço das novas tecnologias, em breve se verá “acuado”.

O Portal BeInCrypto publica que segundo decisão judicial, dano Moral não pode ser estabelecido em Bitcoin, mas precisa ser definido em moeda fiduciária. Mesmo em casos envolvendo fraudes ou golpes em moedas digitais, essas moedas não podem ser usadas como base para pedidos de Dano Moral.

O Cointelegraph destaca que que preço do Bitcoin já cresceu 40.000% desde sua criação e que se o ativo fosse considerado um “país”, estaria entre as 140 principais economias do mundo.

O Livecoins publica que a Polícia Civil do Amazonas alerta contra pirâmides financeiras com moedas digitais. Os alertas destacam que pirâmides financeiras premiam líderes de forma especial, fazem promessas ou “garantem” rendimento, criptomoeda própria e ostentação da parte de figuras de destaque na “empresa”.

Segundo o Criptofácil, 10% das transações da MoneyGram entre México e Estados Unidos ocorrem por meio do token XRP, da Ripple. Em junho de 2019, a Ripple se comprometeu a investir até US$50 milhões na MoneyGram e esta concordou em utilizar o XRP em seus negócios de transferência de dinheiro. Dois meses depois, a MoneyGram foi ao ar com a solução de pagamento da Ripple e agora o primeiro resultado for divulgado.

O Portal do Bitcoin destaca que Federação dos Bancos do Brasil (Febraban) defende regulamentação das criptomoedas que seja “igual a dos bancos”. Proteção do consumidor, da poupança popular e da estabilidade do sistema financeiro; Prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento ao terrorismo; Prevenção a invasão de normas cambiais e fiscais; desenvolvimento econômico, tecnológico e inovação foram os destaques apontados.

O BeInCrypto publica que Craig Wright, conhecido como fake satoshi, por declarar falsamente ser o criador do Bitcoin foi confrontado em evento a respeito de criptomoedas na Inglaterra. Richard Heart, membro respeitado da comunidade, enquadrou Wright e questionou suas pretensões em painel com perguntas e respostas.

O portal Criptofácil noticia que banco a favor das criptomoedas abre capital na bolsa de Nova Iorque. O Silvergate Bank, um banco que aceita criptomoedas, começou oficialmente a vender ações na Bolsa de Nova York (NYSE, na sigla em inglês) nesta quinta-feira, 07 de novembro.

Segundo o Livecoins Justiça condenou Itaú por danos morais após banco ter fechado conta de investidor em criptomoedas que não foi previamente avisado de que sua conta seria fechada. Valor da indenização foi fixada em R$ 1.000,00.

Conforme publicado pelo Cointelegraph Tether oferece proposta de refutação de artigo que aponta manipulação no USDT como causa da forte alta do Bitcoin em 2017. Uma única “baleia” foi apontada como responsável pela bull run, mas Tether pretende que as afirmações não se sustentam diante dos fatos.

O Portal BeInCrypto publica que presidente do Banco Central do Brasil destaca segurança das criptomoedas e elogia a descentralização no mercado de moedas digitais. Roberto Campos Neto destaca também que a criação das criptomoedas é o resultado de uma “falha” não prevista pelos bancos.

Mercado Cripto Agora

Dados fornecidos por valorbitcoin.net

Índice de Medo e Ganância

Latest Crypto Fear & Greed Index

Dados fornecidos por Crypto Fear & Greed Index

Entenda mais sobre este índice aqui.

Deixe uma resposta