ethbtc escola 3

Análise Técnica Bitcoin e Ethereum – 17/12/2018

Houve considerável alta nos principais criptoativos. Porém o impulso registrado ainda é bastante insuficiente para se afirmar que as coisas estão prestes a mudar. Na verdade, ainda temos grandes indícios de que o movimento de baixa, por ora, ainda não cessou.

O Bitcoin valorizou cerca de 8,7% ao longo das últimas 24 horas e sua capitalização de mercado chegou a aproximadamente US$ 61,7 bilhões. Houve acréscimo de US$ 5 bilhões investidos no criptoativo. Por pouco o preço máximo não atingiu US$ 3.600.

No gráfico de quatro horas, temos três sinais de divergência bastante claros em RSI, Chaikin e Stoch que apontam queda. Segundo a retração de Fibonacci, o mercado sobrecomprou em uma margem bastante diminuta do indicador (38,2%), sinalizando baixíssimo impeto comprador no curtíssimo prazo.

É possível que, nos próximos dias, o fundo aproximado de US$ 3.200 seja testado novamente, uma vez que a força compradora ainda se mostra tímida.

O Ethereum teve valorização média de 10,5% nos preços nas últimas 24 horas, atingindo pico de valorização aproximado de US$ 96,7. Assim como o Bitcoin, a retração de Fibonacci registrou baixíssimo índice de recuperação compradora em 38,2%, o que corrobora com nossas afirmações: o Ethereum é refém das ondas impulsivas da obra de Satoshi Nakamoto.

Da mesma maneira que o Bitcoin, RSI e Stoch se mostram pessimistas e apontam queda no curtissimo prazo. Caso continue de tal maneira, tenderá a procurar novamente o fundo em US$ 81 USD. 

Caso nossa análise se mostre correta, teremos descoberto mais uma bear trap entre tantas outras ocorridas num passado nada distante. Todo o cuidado devido à pesada volatilidade dos criptoativos é pouco.

content wavesq

Plataforma Waves apresenta o roadmap de seu mais novo projeto: Tokenomica

Nesta última semana foi divulgado o roadmap da Tokenomica, uma exchange que utilizará o blockchain da Waves para negociar Ativos Financeiros Virtuais (VFAs). Esses ativos podem ser security ou utility tokens, dinheiro eletrônico, dentre outros. Confira abaixo mais detalhes sobre o projeto!

Negociação de criptomoedas

Ao negociar os ativos financeiros virtuais (VFA) da Tokenomica, você estará protegido contra as incertezas deste mercado agitado. A Tokenomica foi sediada em Malta, uma jurisdição com visão para o futuro, e uma atitude clara e progressista em relação às criptomoedas.

Vantagens

Gateways de moedas fiat legalizados

A Lei de Ativos Financeiros Virtuais (VFAs) introduzida em Malta, regulariza e licencia empresas para funcionarem como exchanges de criptomoedas. Através do VFA, a Tokenomica permitirá a negociação de ativos de acordo com os requisitos exigidos.

Negociações seguras

Os processos de KYC (know your customer ou conheça o seu cliente) são robustos e em conformidade com as leis. Eles garantem a aprovação do trader, antes de começar a negociar. Você pode usar a Tokenomica sabendo que estará protegido contra atividades fraudulentas ou criminosas.

Ativos de alta qualidade

Todos os VFAs listados em nossa exchange passam por uma extensa verificação, na qual as empresas emissoras e seus produtos são analisados por meio de critérios técnicos, empresariais e de viabilidade comercial. Somente os tokens da mais alta qualidade são listados para negociação.

Este é o momento ideal para finalizar o roadmap, que trata de stable coins, KYC para emissores de token, AML para portadores de tokens e semelhantes. Esses tópicos podem não ser tão interessantes, mas sem eles as criptos ficam restritas ao seu nicho. A Tokenomica irá abranger todos os projetos de infraestrutura que foram desenvolvidos por meio da Waves. Alguns desses projetos foram construídos como protótipos (fiat tokens, por exemplo) e precisam ser atualizados e separados em uma unidade diferente.

A Tokenomica é um projeto independente com a administração de uma equipe competente. Apesar da minha supervisão no processo de desenvolvimento, a idéia é construir uma solução completamente separada.

São muitos os desafios técnicos para enfrentar. Irei focar mais na tecnologia e deixar o desenvolvimento de infraestrutura de negócios com os profissionais que irão gerenciá-lo como um negócio em crescimento. Planejamos construir uma infraestrutura tecnológica objetiva e mostrar o caminho para o desenvolvimento de negócios. Com isso, permitiremos que dezenas de tokenomicas prosperem através da nossa tecnologia.

Sasha Ivanov, fundador e CEO da Plataforma Waves

Saiba mais em: https://tokenomica.com


Faça parte da comunidade Waves no Brasil!

Twitter Waves

Facebook Waves

Telegram Waves

Junte-se à Waves Community

btc escola1 5

Análise Técnica Bitcoin e Ethereum – 15/12/2018

Nossos pedidos por cautela se mostram coerentes. Os dois principais criptoativos do mercado continuam em franco movimento de queda, sem quaisquer sinais de reversão consideráveis. 

O Bitcoin enfrentou queda de 1,30% nas últimas 24 horas, com preço mínimo registrado até o momento de 3140 USD. Conforme gráfico acima, os candles no gráfico de uma hora buscaram romper o triângulo descente, porém não obtiveram sucesso.

RSI continua bastante baixo e seus topos anteriores formam um padrão descendente bastante perigoso. Apesar de MACD apresentar divergência, não podemos ignorar os inúmeros sinais de reversão falsos ao longo das últimas semanas. Sendo assim, uma divergência maisi parruda, expressiva se faz necessária.

Caso o suporte comprador em 3000 USD seja rompido, as chances de os preços buscarem a casa dos 2400 USD não são pequenas. Tal movimento de queda, inclusive, confirmaria o perigoso padrão de queda formado pelo triângulo.

Não sugerimos realizar entradas até que tenhamos maiores informações de que encontramos o verdadeiro fundo dos preços. Até o presente momento, isso é impossível de se mensurar.

O Ethereum registra queda de 1,52% nas últimas 24 horas, seguido os passos de seu irmão mais velho.

A linha cor-de-rosa refere-se à linha de canal inferior rompida pelo movimento de queda, enquanto a linha amarela descreve o padrão descendente (LTB). Estas indicam fraqueza compradora expressiva, ainda que os principais indicadores do mercado tenham apontado, inúmeras vezes, o contrário.

Apesar de pouco provável, porém não impossível, não podemos descartar a possibilidade de o token alcançar valores entre 75 e 70 dólares nos próximos dias, caso não haja quaisquer indícios mais claros pelos candles.

A volatilidade dos criptoativos está tão perigosa que usuários que não possuam conhecimento técnico suficiente para embarcar no mercado devem, como sugestão, permanecer em moeda fiduciária e buscar conhecimento para se aproveitar melhor dos picos e vales descendentes que o mercado nos disponibiliza para realizarmos nossos lucros. 

Por outro lado, os estudiosos estão conseguindo retornos interessantes operando altcoins com o Bitcoin como base, visto que diversas outras criptomoedas não estão acompanhando de mãos dadas a volatilidade do Bitcoin, assim como sempre fez o Ethereum.

ethbtc escola 2 e1544663903221

Análise Técnica Bitcoin e Ethereum – 13/12/2018

Sabe aqueles dias em que você acorda, porém não faz a menor ideia por onde começar e, por fim, acaba não fazendo nada? Assim se sentiu a movimentação dos preços do mercado. Hoje não passa de uma breve atualização, uma vez que nada de muito relevante aconteceu.

Conforme análise anterior, ainda aguardamos por respostas positivas (ou negativas) do mercado a fim de podermos entender que houve alguma possibilidade de reversão ou continuidade de tendência de baixa. Lateralizações sobre indicadores importantes como Fibonacci causam sempre grande insegurança, e não é por menos.

O Bitcoin fechou o dia próximo a 3420 USD, registrando alta aproximada de 1,4% nas últimas 24 horas. No gráfico diário, encontramos fortíssima lateralização a seis dias, indicando incerteza de que direção será tomada.

ADX apresenta cruzamento entre DI- e DI+ e aponta possível perda de força vendedora no h4. Os candles parecem estar formando fundo duplo, forte indicador de reversão. Caso este padrão seja confirmado, haverá possibilidade de venda próxima a 3800 USD. Caso negativo, a lateralização poderá se estender por mais algum tempo.

O Ethereum registrou alta aproximada de 1,8% nas últimas 24 horas, também sem grandes novidades no gráfico h4. Movimentações sem vitalidade definem a lateralização nos preços do ativo.

É curioso como, no gráfico diário, o mercado parece não querer romper a linha de canal que define a resistência compradora. Isso é um bom sinal e é corroborado, em princípio, com Chaikin e RSI apontando divergência. Mas ainda é bastante cedo para convicções, uma vez que não há sinais claros por candles.

Sendo assim, recomendamos manter a proposta de nossa análise anterior e experimentar entradas em apresentações de divergência mais sólidas.

btc escola1 3 e1544580769881

Análise Técnica Bitcoin e Ethereum – 12/12/2018

Mais um dia de marasmo e frustração na vida dos apressados. Uma das lições que só são aprendidas com a experiência: não crie expectativas sobre nada. Indiferença e técnica são a chave para o sucesso.

O Bitcoin alcançou queda aproximada de 1,28% nas últimas 24 horas, além de forte lateralização nos preços após o decréscimo nos preços. Cerca de meio bilhão de dólares em capitalização de mercado foram perdidos ao longo do dia, porém a dominância do ativo continua estacionada em 55%.

Segundo a Extensão de Fibonacci, o improvável alvo de queda em 161,8% foi atingido, levando os preços do ativo a níveis tão baixos que muitos mineradores se viram obrigados a desligar seus equipamentos temporariamente.

Não possuímos quaisquer indicadores de reversão no diário. RSI continua perigosamente “parado” dentro de leve sobrevenda, candles continuam sem nenhuma consistência visual, o volume vendedor continua bastante proeminente.

Sendo assim, ainda não são pequenas as possibilidades de o mercado procurar 3200 – 3000 USD no curto prazo, uma vez que todos os indicadores utilizados em nossas análises continuam bearish. Não é conveniente realizar acumulação neste exato momento.

No caso do Ethereum, foi registrada queda aproximada de 2% nos preços do ativo nas últimas 24 horas. Assim como o Bitcoin, o ativo registrou forte lateralização nos preços entre 9 e 10 da manhã, sem grandes movimentações posteriores.

É bastante interessante trabalhar em altcoins quando os principais pares de criptomoedas estão estabilizados, uma vez que as chances de acerto se tornam maiores.

No gráfico semanal, podemos verificar que o mercado tem respeitado canal paralelo de baixa e, neste exato momento, testa a linha de canal no preço atual que gira em torno de 86 USD, ponto de suporte comprador de maio de 2017.

No entanto, não é seguro pensar que uma reversão é iminente, uma vez que tanto Chaikin como RSI não nos apresentam quaisquer sinais de recuperação de tendência.

Já as Zonas Temporais de Fibonacci apontam grandes possibilidades de reversão de tendência nos preços do ativo a partir de janeiro de 2019. Será? Precisamos de mais informações claras no que se refere aos indicadores para termos convicções mais sólidas e menos pessimistas.

Até lá, no curtíssimo prazo podemos esperar por teste de fundo em 70 USD, caso os indicadores continuem agressivamente negativos como agora.

ethbtc escola 1 e1544499319996

Análise Gráfica Bitcoin e Ethereum – 11/12/2018

Infelizmente não trazemos notícias muito conclusivas sobre os movimentos de mercado, uma vez que os movimentos no curto prazo continuam bastante incertos e sem uma direção muito contundente.

O Bitcoin abriu o dia valendo aproximadamente 3555 USD e fechando em 3380 USD, registrando desvalorização de 5,17% nas últimas 24 horas. Apesar da queda, o ativo mantém sua capitalização de mercado similar à do dia anterior e sua dominância de mercado aumenta chegando aos 55%, segundo dados do CoinMarketCap.

Apesar de o mercado ter formado um singelo canal paralelo de alta no gráfico de uma hora, os indicadores continuam indecisos sobre a direção dos preços e não nos proporcionam segurança de entrada para operações rápidas.

Tanto RSI como Estocástico encontram-se bastante lateralizados e em níveis bastante baixos, além de a tendência de baixa parecer ainda bastante firme segundo DI- do indicador ADX.

Para acreditarmos que os preços poderão vir a buscar níveis próximos ou acima de 3650 USD, precisaríamos de mais confirmações por candlesticks e mais firmeza no que se refere à movimentação dos indicadores, o que não possuímos até o atual momento.

O Ethereum, por outro lado, não nos remete à uma lateralização e sim a um movimento de baixa mais agressivo. Chegar à casa dos dois dígitos parece ter feito mal à moral do token.

O ativo abriu o dia valendo aproximadamente 92,2 USD e fechando próximo a 88,4 USD, registrando queda de 4,29% nas últimas 24 horas. É algo bastante raro ver o Ethereum apresentar desvalorização diária inferior à do Bitcoin.

Médias móveis de 9 e 21 períodos apontam fortemente para baixo e ainda estão muito afastadas, assim como MACD, RSI e VAPI não apontam quaisquer sinais de otimismo por parte do mercado.

Fortes indícios de que o mercado testará novamente fundo próximo a 81,1 USD. Caso esse ponto de força compradora seja rompido, haverá novo teste em 78 USD. Não é conveniente entrar em quaisquer dos pontos assinalados até que sinais de divergência apareçam de maneira clara.

ethbtc escola e1544238920600

Análise Técnica BTC/USD e ETH/USD – 07/12/2018

Boas notícias: nossa análise anterior mais uma vez foi respeitada para ambos os ativos. Continuamos alinhados com as principais tendências do mercado no curtíssimo prazo. Houve considerável recuperação do ativo após alcançarem suas projeções de queda.

Quer dizer que agora vai subir?! Vamos ver.

Bitcoin e seus testes de fundo

Conforme visto na análise de quinta-feira (7), o mercado registrou queda próxima a 3210 USD, respeitando o fundo, não a sombra, do corpo do candle que configurou suporte comprador em 15 de setembro de 2017. No entanto, após atingir o alvo esperado, os preços voltaram a subir rapidamente, atingindo valor máximo próximo a 3520 USD. Considerando o preço de abertura do dia em 3355 USD e o de fechamento em 3440 USD, houve valorização de 2,53% nos preços do ativo.

A capitalização de mercado de criptoativos, em dezembro do ano passado, atingiu a marca histórica de 795 bilhões de dólares. Este ano, no entanto, o volume negociado é de aproximadamente 111 bilhões de dólares, cerca de 71,6% abaixo de seu recorde. O Bitcoin sozinho possui 54% da atual fatia de mercado, com mais de 60 bilhões de dólares em jogo.

Após atingir o alvo esperado de queda, houve fortíssima recuperação nos preços e convergência de inúmeros indicadores apontando movimento de alta no curtíssimo prazo. Durante a feitura desta análise, ainda existe a possibilidade de os preços subirem um pouco mais antes de corrigirem.

Cruzamento iminente no MACD e esgotamento da força vendedora segundo seu histograma, IFR com seu indicador fortemente ascendente, além de sinais contundentes de perda de força vendedora por VAPI nos levam a crer que o movimento de alta ainda pode atingir patamares mais elevados.

Existem dois alvos possíveis de teste de suporte vendedor: 3630 USD e 3700 USD, respectivamente. Pode ser uma boa ideia entrar e sair dentro destes valores mais modestos, visto que o mercado tem pregado várias peças desagradáveis contra todos, acusando inúmeros falsos positivos de reversão.

A coisa ficou ainda melhor para o Ethereum

Conforme podemos observar, o Canal de Fibonacci foi religiosamente respeitado durante o fortíssimo impulso de alta iniciado nesta quinta-feira. Assim como o Bitcoin, o Ethereum deu um imenso salto após bater 81 USD, Considerando o preço de abertura do dia em 85,7 USD e de fechamento em 94,9 USD, houve valorização aproximada de 10,7% nos preços do ativo.

A capitalização de mercado do Ethereum gira em torno de 9,8 bilhões de dólares, ainda bem abaixo do XRP da Ripple, em segundo lugar com 12,8 bilhões de dólares em jogo.

No momento da feitura desta análise, o mercado encontrava-se lateralizado sobre 161,8% do Canal de Fibonacci e os principais indicadores de reversão apontam alta no curtíssimo prazo.

Estocástico acusa movimento de alta com bastante propriedade, assim como ADX apresenta DI- em forte declínio e cruzamento com DI+, excelente sinal de reversão associado com IFR favorável ao crescimento.

Os pontos mais prováveis de venda, segundo suportes por candles, são: 99,6 USD, 101,5 USD e, menos provável, 105,5 USD. Este último suporte vendedor é um dos mais importantes a ser vencido no curto prazo e provavelmente enfrentará obstáculos anteriores até ser rompido. Até lá, podemos contar com resultados mais conservadores conforme dois primeiros alvos fornecidos.

Muito cuidado com a forte volatilidade dos ativos e não deixem, sob hipótese alguma, de trabalhar com stop loss!

btc escola1 e1544141392161

Análise Técnica BTC/USD e ETH/USD – 06/12/2018

No panic! Vamos entender, de acordo com os indicadores, o que aconteceu com o mercado hoje e quais as previsões para os próximos dias. Tanto o Bitcoin como o Ethereum alcançaram índices de preço bastante baixos repentinamente. Quais as chances disso acontecer na atual conjuntura? Bem grandes.

Já avisamos faz bastante tempo: há grandes chances de o Bitcoin cair próximo a 3000 USD, uma vez que os indicadores continuam bastante pessimistas e trazendo diversos falsos alertas de reversão desde novembro.

Bitcoin em queda livre…

Houve rompimento claro e fortalecido da linha de resistência compradora definida pelo canal paralelo. IFR voltou à zona de sobrevenda no gráfico de quatro horas, VAPI está absolutamente bearish e as médias móveis de 9 e 21 períodos estão mais espaçadas do que antes. O volume vendedor, mais uma vez, mostrou-se muito mais presente, o que já nos servia de alerta em análises anteriores sobre os perigos de uma forte movimentação para baixo repentina.

No gráfico diário, o cenário não é diferente no que se refere ao IFR e ao VAPI. O retorno à sobrevenda pela terceira vez foi um banho de água gelada nos mais otimistas. Houve forte rompimento da resistência compradora próxima a 3510 USD, o que pode significar que será realizado teste de suporte comprador entre 3000 USD e 3200 USD. A diferença entre os dois alvos possíveis se dá por conta de a sombra projetada pelo candle em questão poder ser levada em consideração na queda ou não.

O Bitcoin abriu o dia próximo a 3720 USD e, até o momento em que esta análise estava sendo escrita, os preços encontravam-se em 3340 USD, apontando queda de 11,3% nos preços do ativo nas últimas 24 horas.

Fato digno de nota: todas as correções avolumadas do ativo, no curtíssimo prazo, costumam girar entre 10% e 12%.

…E o Ethereum também

Como já é de se esperar, as correções deste criptoativo atingem seus investidores com muito mais violência. O ETH abriu o dia próximo a 101,3 USD e fechou a 86,2 USD, o que caracteriza uma desvalorização de 17,5% nas últimas 24 horas. Ou seja: o movimento de queda foi 55% superior ao do Bitcoin, no mesmo período de tempo.

O indicador ADX mostra a força vendedora bastante aquecida, com indicador de direção próximo a 54,7 e movimento ascendente constante da força vendedora por DI-, além de declínio concentrado por parte dos compradores por DI+.

RSI encontra-se fortemente bearish, voltando à zona de sobrevenda pela terceira vez.

Excluindo-se as sombras passadas, o mercado agora possui forte resistência vendedora próxima a 106,5 USD, a qual deverá ser vencida com louvor para assumirmos uma possibilidade mais firme de hold.

O movimento de baixa pode chegar próximo a 82 USD, caso o Canal de Fibonacci continue a ser respeitado.

Muito com cuidado com a volatilidade!

escola1 1 e1544062753539

Análise Técnica BTC/USD e ETH/USD – 05/12/2018

Tendência de baixa do Bitcoin continua

Nossa análise anterior, mais uma vez, mostrou-se bastante alinhada com a realidade. Os preços continuam a respeitar o canal paralelo formado ao longo dos últimos dez dias. Nas últimas 24 horas, o Bitcoin registrou queda aproximada de 3,23% e atingiu o valor mínimo de 3665 USD, bastante próximo ao previsto anteriormente.

Apesar de ADX e VAPI não apresentarem sinais de reversão do atual movimento, IFR começa a acusar possibilidade de divergência, ainda que de maneira bastante tímida. A recuperação do volume comprador, nas últimas oito horas, mostrou-se interessante e concomitante com o Índice de Força Relativa.

Seria interessante, no entanto, aguardar que ADX, VAPI ou mesmo que as Médias Móveis comecem a dar sinais de divergência mais claros, juntamente com padrões de candles mais consistentes, a fim de evitar surpresas devido à perigosa volatilidade enfrentada nas últimas semanas.

É possível haver breves recuperações nos preços do ativo nos seguintes pontos: 3825 USD e 3970 USD, respectivamente. O último ponto possível de venda é marcado por “encostar” na LTB do canal paralelo no gráfico de quatro horas. Sendo assim, preparem-se para novo teste de suporte nos próximos dois dias.

Os preços do Bitcoin tem oscilado de tal forma que a operação de altcoins, sobretudo no curtíssimo prazo, tornou-se mais arriscada. Jamais esqueçam de montar stop loss em todas as suas operações!

No gráfico mensal, não temos boas notícias: o candle de novembro fechou bem abaixo da LTA, a qual foi respeitada ao longo dos últimos sete anos. Sendo assim, as chances de alcançarmos a casa dos 3000 USD são bem grandes. Oscilador de Chaikin voltou à zona negativa e apresenta postura bearish, assim como VAPI no mensal não nos traz boas notícias.

Ethereum realiza teste de canal

Conforme o primeiro gráfico conjunto desta análise, nossa previsão anterior bateu precisamente no ponto esperado de 101,5 USD, havendo teste da linha de canal (resistência compradora) no gráfico de quatro horas. No entanto, por volta de uma hora da manhã, o ativo bateu 99,33 USD na Kraken, voltando à casa dos dois dígitos mais uma vez.

Se compararmos o preço atual com seu pico histórico aproximado de 1600 USD, houve desvalorização de 93,81% nos preços do ativo em um ano. Nas últimas 24 horas, o Ethereum teve desvalorização média de 5,91%.

RSI e ADX continuam bearish, assim como o volume vendedor mostrou-se predominante ao longo do dia. Após bater sob a linha de canal, no entanto, houve breve recuperação, o que pode significar que o canal paralelo será respeitado por algum tempo mais. No entanto, nenhum dos indicadores apontam quaisquer sinais de reversão, podendo a linha de canal (resistência compradora) ser rompida e o ativo enfrentar declínio nos preços ainda mais acentuados.

Por segurança, caso deseje operar no curtíssimo prazo, recomendamos realizar compra acima dos 102 USD, com venda entre 105,4 USD e 109 USD, respectivamente, caracterizando dois pontos de suporte comprador, sendo este último o mais próximo possível da LTB.

Caso continue por dois candles ou mais abaixo dos dois dígitos, é melhor aguardar mais um pouquinho para se posicionar. Nunca tente pegar o punhal em queda livre.

 

 

tio sam watching you

EUA vai usar análise forense para rastrear transações anônimas de Monero e Zcash

O Departamento de Segurança Interna (Homeland Security) dos Estados Unidos anunciou sua intenção de desenvolver uma estrutura de monitoramento para rastrear efetivamente as transações da Zcash e da Monero por meio de recursos avançados de análise forense. Em um documento recém-divulgado, o DHS revela que pretende conseguir isso projetando “um produto para apoiar a implementação de análise forense baseada em blockchain, análise de dados e compartilhamento de informações”.

Lançado em 30 de novembro, o documento de Pré-Solicitação da Agência de Inovação em Pequenas Empresas (SBIR) do FY19 foi disponibilizado para as partes interessadas, dando-lhes a oportunidade de comentar ou solicitar informações sobre áreas de tópicos selecionadas, uma das quais é a Blockchain Applications for Homeland. Security Forensic Analytics ‘.

Homeland Security mira nas transações privadas

De acordo com o documento, as estruturas de monitoramento de blockchain voltadas para Zcash e Monero são de interesse especial para o DHS porque suas capacidades de análise com foco em Bitcoin existentes “cobrem apenas um escopo limitado dentro do reino das criptomoedas”. Para acompanhar as novas implementações blockchain e demonstrar que o DHS possui extensibilidade suficiente para lidar com a ameaça representada por transações ocultas ilegais.

Um trecho do documento diz:

“Um recurso fundamental subjacente a essas novas plataformas de blockchain que é enfatizado com frequência é a capacidade de proteção do anonimato e da privacidade. Embora esses recursos sejam desejáveis, há também um interesse em rastrear e entender transações e ações no blockchain de natureza ilegal. Para esse fim, esta proposta exige soluções que permitam que as investigações policiais realizem análises forenses sobre transações de blockchain”.

A proposta identifica 3 fases de pesquisa. O primeiro envolve o projeto de um ecossistema de análise de blockchain, com base em Zcash e Monero e em torno dele, para permitir a análise forense de aplicativos de segurança interna e de aplicação da lei usando criptomoedas. A segunda fase envolve prototipagem e demonstração das tecnologias forenses de blockchain já projetadas, enquanto a terceira fase é a implementação de análises forenses de blockchain para usos governamentais e comerciais, auxiliando nas operações de aplicação da lei, bem como na conformidade contra a lavagem de dinheiro.

A medida sinaliza uma iniciativa do governo dos EUA se preparando para assumir implementações de blockchain resistentes à censura como parte de seus esforços para garantir que as criptomoedas não sejam usadas para permitir lavagem de dinheiro, evasão fiscal e financiamento do terrorismo.