trading criptomoedas bitcoin

Como diversificar minhas Criptomoedas em 2019 e em quais investir?

O ano de 2018 está chegando ao fim e o mercado não foi generoso quanto  2017, mas trouxe bons frutos: o reconhecimento do Bitcoin e das criptomoedas pelo mercado tradicional, incluindo o fato de que a NYSE (Bolsa de Nova York) abrirá sua própria exchange de Criptomoedas, a Fidelity Investiments entrando de vez nesse mercado. Vale lembrar mais uma vez que a decisão mais razoável agora é considerar seus ativos de criptomoeda como um investimento de longo prazo. Não é tão simples fazer lucros usando as tradicionais estratégias de negociação de curto prazo agora, durante os constantes movimentos descendentes. Por outro lado, se você considerar seus ativos de criptomoeda como investimentos de longo prazo, é quase 100% de certeza que você vai ganhar (e muito!)

Quantas criptomoedas meu portfólio deve conter?

O seu portfólio de investimentos em criptomoedas deve conter de 4 a 5 moedas diferentes entre as top 20 por suas capitalizações de mercado. Essas criptomoedas são testadas pelo tempo e exigidos pelo mercado, tanto no sentido de valor quanto na implementação / segurança técnica. Eles crescem de volta após cada movimento descendente, ao contrário de dezenas de outras moedas.

Mas até mesmo as dez principais moedas diferem entre si, algumas delas são bastante antigas e talvez não sejam a melhor escolha para um investimento a longo prazo. Por exemplo, o Bitcoin, com sua velocidade de transação ruim, falta de privacidade e apenas programação básica permitida, ainda está ocupando a primeira posição entre as outras criptomoedas agora. Mas nos próximos dois anos, tudo isso pode mudar.

Além do Bitcoin, em quais posso investir?

Portanto, a boa ideia é dividir seu capital, por exemplo, em 5 partes iguais e investir em 5 criptomoedas diferentes do TOP 20. As moedas devem incluir criptomoedas antigas e testadas pelo tempo e também as mais novas. De longe dá para escolher entre Ethereum, Dash, IOTA, Stellar, EOS e Waves. Não recomendaríamos investir em forks do Bitcoin como o BCH ABC ou o BCH SV. Seu preço depende do Bitcoin mais do que outros, e é improvável que ele tome a posição de liderança do Bitcoin.

Essa estratégia é clara e simples, mas fornecerá à sua carteira de investimentos a estabilidade necessária para suportar com sucesso as flutuações do mercado e aguardar o período de crescimento com riscos mínimos.

E a última coisa. Você deveria usar uma estratégia de diversificação para negociação de curto prazo? Depende do seu estilo de negociação. Se você trocar apenas um par de criptomoedas volátil e líquido como o BTC/USD, obviamente a estratégia de diversificação não é aplicável. No entanto, se você é um trader equilibrado, você pode diversas criptomoedas seguras em vez de um para reduzir seus riscos. Em nossa opinião, a diversificação é um método de gestão de risco para os investidores, mas se você pode usá-lo com sucesso para a negociação, por que não?

A diversificação, como muitas outras técnicas de investimento, torna seu processo de investimento mais seguro e previsível. Ao usar essa técnica, você se protege dos riscos do mercado, tornando-se antifrágil e resistente a eventos aleatórios que podem influenciar os mercados de criptomoedas, seu capital e sua vida em geral.

Se você gostou dessas dicas e quer multiplicar seu capital tanto em criptomoedas quanto em dólares (reais) todos os dias, recomendamos que assine o Canal VIP, o nosso serviço que vai te avisar quando comprar e vender criptomoedas todos os dias! 


O Bitcoin vai subir ou vai cair? Qual é a melhor altcoin para comprar agora? Receba vários sinais da Binance e análises todos os dias, por apenas R$ 49,90 mensais!: Conheça e assine

Novidade! Receba notícias fresquinhas diretamente no Telegram: https://t.me/universocriptoblog

Participe do nosso grupo gratuito no Telegram e tire todas as suas dúvidas sobre Criptomoedas: https://t.me/universocripto

Cadastre-se em nossa Newsletter

Receba, diariamente, nosso resumo de notícias

Procurando diversificar os investimentos? Acesse agora o Guia do Investidor e aprenda a investir em ações e muito mais.